O amor às vezes é como a gasolina. Custa caro, acaba rápido e pode ser substituída pelo álcool.