Fiquei um mês sem ir na padaria, e no dia que voltei lá perguntei: "Tem pão?" O padeiro respondeu: "Tempão mesmo!" Nos abraçamos e choramos juntos.